abrir menu
Home IrecêOn
imagem topo
4 de agosto de 2016

Pokémon Go: será que estamos preparados para jogar?

Ontem o jogo que é fenômeno nos celulares no mundo interior foi lançando oficialmente no Brasil para alegria de uns e tristeza de outros. O jogo com realidade aumentada, usando o GPS e a Internet do celular para projetar os monstrinhos e você capturá-los. A medida que você circula pelas ruas das cidades novos pokémons surgem aleatoriamente e você ainda encontra lugares para acumular pokébolas, ovos (PokéStops) e ginásios usa dados do Google Maps.

 

Mas será mesmo que estamos preparados?

A Niantic, empresa responsável pelo game, aproveitou as olimpíadas no Rio para lançar o jogo na América Latina. No mundo o jogo já causou diversas polêmicas e no Brasil não é diferente. A falta de segurança é a que mais assusta os jogares. E não podemos esquecer a péssima qualidade dos serviços de dados móveis das nossas operadoras.

Não novidade para nós brasileiros sair de casa com mede de ser assaltado e com essa febre de pessoas com os celulares nas mãos em busca de Pokémons pode despertar o interesse e facilitar os assaltos Brasil afora. Um simples jogo pode virar um problemão.

No Espirito Santo a primeira vitima já registou boletim de ocorrência. Um estudante de 14 anos teve o iPhone roubado, por um criminoso armado, enquanto tentava capturar um pokémon no Centro de Vila Velha.  "Os pais têm que ter atenção, senão os meninos saem com o celular na mão e entregam o ouro na mão dos bandidos", alertou o pai do garoto.

Confira algumas mensagens das redes sociais falando dos perigos do jogo no Brasil.

 

O lado bom!

Sabemos da péssima qualidade da nossa Intente, um ponto bom é que o jogo consume poucos dados móveis. Ou seja você não usará muita Internet e não gastará o seu pacote diário ou mensal de dados. Segundo a operadora americana Verizon o Pokémon GO consome uma média de 10MB por hora.

O jogo está disponível para aparelhos Android (clique aqui para baixar) e iOS (clique aqui para baixar).

Divirta-se e cuidado!

Eder Bastos

Publicitário, co fundador deste site, escrevendo quase sempre do celular e na maioria das vezes sobre festas.

Comentários