abrir menu
Home IrecêOn
imagem topo
14 de janeiro de 2016

Quebra molas e Traffic Calming em Irecê: Dentro ou fora dos padrões?

No Brasil cidades como Rio de Janeiro, Curitiba e Salvador utilizam do Traffic Calming como recurso e a cidade de Irecê - BA não fica atrás dessas grandes cidades desenvolvidas, compartilhando também dessa espécie de quebra molas como estrategia para assegurar a passagem dos pedestres, fazendo com que o motorista reduza a velocidade e permita a travessia. 
 

Traffic Calming, como a tradução sugere, são medidas para acalmar o tráfego. Uma alternativa para reduzir o limite de velocidade utilizada nas vias da Alemanha, Estados Unidos e Reino Unido e que traz bons resultados. Um conjunto de medidas que inclui a adaptação do volume, velocidade e comportamento do tráfego, para que as ruas sirvam a todos e não apenas aos carros.
 

No entanto, não é esta a situação vista nas ruas de Irecê-BA. Muitos motoristas desconhecem a funcionalidade da passagem em nível ou mesmo não respeitam o direito das pessoas, no qual, se tornou uma medida que tem dividido a opinião dos usuários sobre sua eficiência.
 

O conselho Nacional de Trânsito certifica de que devem ser implantados pela prefeitura seguindo padrões estabelecidos, pois os mesmos exigem estudo prévio antes de instalar, mas basta uma volta por a cidade para que possamos perceber a falta de padrão e sinalização adequada o que se torna primordial para sua eficiência, a exemplo  temos a implantação das vias calmas na Rua Sete de Setembro solicitado em maio de 2013 por seção na Câmara dos Deputados e a extensão da Avenida 1 de Janeiro.
   

Contudo a alta densidade de habitação, fluxo de pedestres e ciclistas nessas áreas implica nao somente a instalação do Traffic Calming mas também ciclofaixas e cartilhas de educação no trânsito, afinal de contas é uma mudança que incentiva a qualidade de vida. E se a população respeitar e aderir à ideia, só temos a ganhar.
   

A partir do momento que as pessoas são informadas e aprendem que é um recurso que funciona, as atitudes também mudam.

Luana Dourado

Arquiteta Urbanista e Paisagista de profissão, Croquizeira urbana por paixão, fotografa amadora e agora colunista do Irecê ON.

Comentários