abrir menu
Home IrecêOn
imagem topo
3 de março de 2016

Violência toma conta de Xique-Xique

Da Redação

Nos últimos anos vimos o número de assassinatos, roubos e tentativas de assaltos à luz do dia aumentaram de forma assustadora no município de Xique-Xique que tem pouco mais de 48 mil habitantes. A polícia não chegou a divulgar os números oficiais da violência, porém, a população nota, comenta nas redes sociais, vive amedrontada, evitando sair de casa em determinados horários. Com isso a sensação é de total insegurança.

Na noite desta quarta-feira (02/03), usuários do aplicativo WhatsApp relataram a ação de marginais na região do Colégio Modelo Luís Eduardo Magalhães, no bairro de São Francisco. Onde algumas tentativas foram efetuadas sem sucesso, mas deixaram os estudantes, transeunte e moradores assustados. 

Ainda no inicio da semana duas motos foram levadas de assalto no centro da cidade, uma destas com o uso de arma de fogo. Outros tantos celulares e pertences diversos já foram subtraídos de seus donos, às vezes com a utilização de violência. Na tarde de hoje (03/03), a Companhia Independente de Policiamento Especializado/Semiárido - CIPE/SA - capturou dois suspeitos de estarem cometendo alguns destes delitos.

Há alguns anos ouvir falar em assassinatos era coisa rara na pacata cidade. Pequenos furtos eram realizados na feira livre que acontece toda sexta-feira e na sua maioria em época de grandes festas. Alguns moradores de bairros como BNH, Pedrinhas e Santa Marta foram unanimes em dizer que antigamente as ruas eram bem iluminadas e a polícia fazia mais rondas, dificultando a ação dos marginais e aumentando a sensação de segurança.

Comentários